É bem comum eu ouvir a seguinte pergunta: como começo a me organizar? Como começar a se organizar? Ou alguma amiga chegar para mim e falar: Talita, comprei um planner e agora? De tanto me ouvirem falar sobre planner e organização, esse tema aparece em diversas conversas nas mais variadas situações da minha vida.

Tudo bem que sou a louca do planner e não sei mais viver sem o meu. Admito que de tanto amar essa ferramenta de organização acabo sugerindo para os amigos e familiares também. Mas preciso dizer uma grande verdade sobre isso. Não basta comprar o planner, é preciso usar!

Para saber se o planner é mesmo a melhor ferramenta de organização do tempo para ti, vale ler esse texto bem completo que já publiquei aqui no blog.

Sabem quando termina um ano e começa outro e as pessoas fazem as famosas resoluções de ano novo? Não sei se vocês concordam, mas eu acho que é bem comum essas listas terem um item parecido com “ser mais organizado” ou “aprender a ser organizada” ou ainda ” me organizar melhor”. Pois bem, não basta ter como meta ser uma pessoa organizada, é preciso começar a se organizar!

Se esse assunto te interessa, confere todas as minhas sugestões bem detalhadas durante esse texto. Ou assiste à versão em vídeo para ter dicas de organização mais rapidinhas!

https://youtu.be/LzEoft348Sk

Por onde começar a se organizar?

Particularmente, entendo que não há um marco zero, um dia 1, um livro, um vídeo ou um site que seja o começo da organização. É claro que há excelentes livros sobre organização. Aliás, se quiserem alguma sugestão, comenta lá embaixo que eu dou indicações ou faço um post específico sobre isso!

Acompanho diversos blogs e sites que falam sobre planejamento e organização. Já digo de cara que o meu preferido é o Vida Organizada, da Thais Godinho. Também há ótimos vídeos sobre o tema internet afora (fica ligado que estou preparando vários vídeos sobre organização para publicar no Canal do YouTube Só Melhora).

O que quero dizer é que não acredito num ponto inicial para começar a se organizar. Penso que não há especificamente um início do tipo “tem que” começar por aqui. Isso porque vejo a organização como um HÁBITO que precisa ser desenvolvido.

Para falar a verdade, a organização é um hábito que influencia todas as áreas de vida. E é exatamente isso que é tão bacana nela! Quem constrói o hábito de ser organizado, expande esse conhecimento para as mais diversas áreas da vida. E aplica esse aprendizado no seu dia a dia, no trabalho, em casa, com a família, com os cuidados pessoais, enfim, na vida como um todo!

Imagem de uma agenda em branco para ilustrar o tema como começar a se organizar

Como criar o hábito de ser organizado?

Depois de entender que para ser uma pessoa organizada é preciso transformar a organização num hábito diário, podemos avançar um pouco na conversa. Organização tem uma relação próxima com outras habilidades de vida.

É necessário um pouco (ou muito!) de autoconhecimento, por exemplo. À medida que vamos nos entendendo melhor, vamos reconhecendo a melhor forma de nos mantermos organizados também.

Outra coisa importante é fazer um pouco a cada dia, manter a constância. Ninguém precisa – e nem consegue – virar uma pessoa organizada da noite para o dia! Aos poucos, com calma, cuidando um pouquinho ali, outro pouquinho lá, é que o hábito vais se implementando, se concretizando e se consolidando.

Paciência e persistência é um mantra que vale para tudo nessa vida! Além disso, a organização precisa ser PERSONALIZADA. Só vamos conseguir manter o hábito da organização se ele fizer sentido na nossa vida, se conversar com o nosso dia a dia, se encaixar no nosso contexto de vida.

Como começar a se organizar:

  1. Uma ferramenta de organização é bem vinda
  2. Organização é um hábito a ser construído
  3. A organização precisa ser personalizada
  4. Para começar a se organizar precisa paciência e persistência
Imagem de uma agenda com a frase como começar a se organizar

Organização e Destralhe

Passando para a parte prática, precisamos falar em DESTRALHAR! Sim, essa palavrinha que anda na moda e mesmo quem não quer muito papo com ela sabe bem do que se trata. Tralha é tudo aquilo que a gente vai acumulando, mas não sabe muito bem o que fazer com ela. São coisas que não têm uma utilidade ou uma função dentro de casa.

Uma frase-chave dentro da organização é que “não se pode organizar tralha”. Se tu te interessas por esse tema, provavelmente já te deparasse com essa firmação por aí. Pois bem, não há nada mais verdadeiro!

Como não se pode organizar tralhas, destralhar é sempre um bom começo. Destralhar não é nada de outro mundo, viu? Não é nenhuma técnica super elaborada nem um conceito que precisa ser bem absorvido. Destralhar é abrir espaço para que o novo chegue!

É, basicamente, se desfazer do que não é mais útil para ti. O caminho pode ser pela doação ou pelo descarte mesmo. O importante é tirar de cena o que não faz mais sentido existir na tua vida. Falando assim dá para perceber que esse conceito pode ser aplicado para várias coisas, certo?

Não se pode organizar tralha!

Pode ser mais fácil começar destralhando coisas concretas, como a casa, por exemplo. É comum as pessoas se sentirem mais confortáveis em descartar potes furados ou sem tampa. Depois, pode-se doar roupas que não servem mais ou não são mais o estilo que queremos no momento.

A próxima etapa pode ser jogar fora os eletrodomésticos que não têm conserto, por exemplo. Ou doar os que ainda funcionam, mas só estão acumulando poeira. O que não tem serventia para nós, mas ainda pode ser útil para alguém, deve ser doado. O que já não tem mais conserto deve ir para o lixo mesmo.

Com o tempo, o conceito de destralhe pode ser ampliado para contas, hábitos, pessoas. Será que ainda faz sentido pagar TV a cabo? E o pacote de dados de internet, será que não pode ser reduzido? Será que é necessário ter todos esses cartões de crédito?

Que hábitos ruins precisam ser abandonados no teu dia a dia? Quais bons hábitos podem substituir antigos maus hábitos? Que pessoas tóxicas, que só te fazem mal, devem ser destralhadas do teu convívio? Doe ou descarte tudo que não fizer sentido para a tua vida!