Nunca liguei muito para idade. Idade, para mim, sempre foi um número sem muita importância. A verdade é que vira e mexe eu preciso fazer as contas para saber quantos anos tenho! Fato é que completei 40 anos. QUARENTEI! (como está na moda ultimamente: quarentei na quarentena) E achei que o fato de comemorar os meus 40 anos valia um post por aqui.

A gente sempre fantasia sobre o futuro, né? Impossível não criar expectativas ou fazer pelos menos alguns poucos planos. Há vinte e tantos anos atrás, eu também imaginava como estaria aos 40. Eu imaginei que chegaria aos 40 querendo esconder um pouco a idade porque ela não seria condizente com meu estado de espírito.

Pois hoje percebo que não é assim que me sinto aos quarenta. Sendo bem sincera, estou num lugar/momento de vida tão bom e tranquilo que tenho falado minha idade em alto e bom som bem feliz!

Sim, a idade continua sendo um número sem muita importância. Mas não há vergonha nem demérito em dizer que tenho 40 anos. Alguns podem chamar isso de maturidade. Eu não me importo muito com nomes ou rótulos. Importante mesmo é estar bem comigo mesma: tanto na idade, quanto no espelho.

quarentei: minha imagem com meu bolo de aniversário

O melhor e o pior de quarentar

No dia em que completei os aclamados 40 anos, abri uma caixinha de perguntas no Instagram. Adorei as perguntas que recebi por lá! Uma das mais curiosas, me perguntava qual era o melhor e o pior de quarentar.

Respondi que o melhor de ter quarenta é exatamente estar onde eu quero. Não me preocupo mais tanto em fazer algo para agradar outras pessoas, sabe? Não dou mais tanto peso a opiniões alheias. Já me conheço o suficiente para reconhecer pessoas, lugares e ocasiões que não me fazem bem e simplesmente evito tudo isso.

Por outro lado, o pior de poder dizer “quarentei!” é ter a certeza de que o tempo passou sim, e continua passando. Com isso, certamente algumas relações e pessoas próximas a mim terão um fim em breve. A finitude de relacionamentos já foi experimentada algumas vezes. E é claro que aperta o coração saber que pessoas que eu amo, especialmente os meus pais, podem não permanecer na minha vida por muito mais tempo. Faz parte do pacote.

imagem de uma mulher soprando velas

Quarentei! Sonhos realizados e a realizar

Ainda falando sobre a caixinha de perguntas do Instagram, também recebi esse questionamento: apontar um sonho realizado e um sonho a realizar. Coisa boa poder falar disso, né? Tanto do que já conquistamos, porque é muito lindo poder olhar para trás e celebrar as vitórias; quanto do que ainda queremos, porque só para de sonhar quem já está morto!

Pois bem, não tive dúvidas para declarar um sonho realizado: minha atual rotina tranquila. Não foi fácil (ainda não é fácil, em alguns dias), mas posso dizer com muito orgulho que conquistei uma rotina tranquila. Claro que a organização e o planner me ajudam muito nisso! Meu dia a dia, atualmente, é leve e tranquilo na maior parte das vezes. E se isso não é uma grande vitória, não sei mais o que é!

Agora, é claro que eu não parei de sonhar! Minha lista de desejos está longe – bem longe! – de ser completada. Acho mesmo que ela nunca terá um fim – e é para ser assim mesmo! Atualmente, meus maiores sonhos estão relacionados a viagens. (pandemia é uma realidade, né gente?) Ainda tenho uma lista de lugares para conhecer nesse mundo! Caribe, Grécia, Reino Unido, Fernando de Noronha, Salvador, são só alguns itens, para dar de exemplo.

eu comemorando meus quarenta anos

Quarentei em poesia

Claro que os meus quarenta anos não poderiam passar sem uma poesia especial de quarentona, né? Colocar emoções em palavras, sentimentos em versos, me ajuda a digerir e organizar tudo isso aqui dentro da minha cabeça.

E como já teve gente me perguntando e me cobrando um poema para os 40 anos, resolvi compartilhá-lo por aqui. Espero que vocês gostem e se identifiquem!

Quarentei!

Quase sem perceber
cheguei aos 40.
Agora me aguenta!

Nada a temer,
deixe-me esclarecer.
Mantenho-me atenta.

O melhor da idade
é estar onde se quer.
Chamam maturidade.
Chamo mulher que bem-se-quer.

O pior de quarentar
talvez seja a consciência
de que relações vão acabar.
Aceitar e ter paciência.

Um sonho realizado:
minha rotina tranquila.
O que ainda tenho planejado:
sair muitas vezes da minha ilha.

Quase sem perceber
cheguei aos 40
com a vida que sempre quis ter
e ainda mais planos para os 50!

Talita
22/06/2021
14:00

Já quarentou por aí? Está perto de quarentar? Como vocês sentem essa idade dos quarenta? Conta aqui nos comentários (ou no Instagram ou no Facebook). Vamos quarentar juntos!

trecho do poema quarentei