Meus pais fizeram muitos álbuns de fotografias (precursores do scrapbook) de quando eu era bebê e criança. Eu sempre amei sentar no chão e folhear aqueles álbuns, vendo aquele bebezinho ir, aos poucos, se transformando na pessoa que eu vejo no espelho.

O meu preferido era um onde, além das fotos, havia anotações sobre aqueles momentos e vários cartões (de nascimento, batizado, aniversários) colados. Meus pais não sabiam, mas eles já faziam scrapbooking! E, ao mesmo tempo, me ensinavam o gosto por registrar as pequenas belezas da vida.

Antes mesmo do Vinicius nascer, eu já sabia que faria muitos álbuns para ele. Assim como meus pais, a vontade era registrar memórias, mais que fotos. E como eu já tinha me apaixonado pelo scrapbook, natural que essa fosse a forma escolhida.

Enquanto escrevia esse texto percebi uma coisa engraçada: antes mesmo de eu ter um bebê nos braços, já tinha vontade de contar histórias sobre/para ele! Certamente uma projeção dos meus sentimentos sobre o tesouro construído pelos meus pais naqueles álbuns.

Uma herança que eu também quero deixar para o meu filho por meio do scrapbook.

Como eu tinha uma vaga ideia de que a vida ficaria um pouco conturbada logo após o nascimento do filhote, comprei um smash book (que é como um caderno com páginas decoradas). Separei alguns papéis e enfeites que combinavam entre si e já deixei tudo junto para facilitar na hora de compor as páginas do álbum.

Claro que nem sempre conseguia construir o álbum concomitantemente com os meses de vida do Vinicius. Ele foi finalizado um pouco depois do pequeno completar seu primeiro ano de vida. E fiquei muito orgulhosa de concluir esse projeto!

Não, isso não quer dizer que fiquei 100% satisfeita com o resultado final de todas as páginas. Mas ter esse primeiro ano registrado com fotos, poesias e memórias é algo que me deixa muito feliz. E ver a carinha do protagonista da história admirando suas fotos de “quando era bebê” – nas palavras dele, do alto de seus 2 anos – não tem preço!

Vou mostrar por aqui esse projeto que é tão especial para mim. Mas vamos aos poucos, porque como vocês já sabem, esse ano foi MUITO intenso e não caberia num post só 🙂

 

Página de abertura do álbum, falando sobre – adivinhem? – maternidade 🙂 Poesia: Materna Idade

www.somelhora.com.br
Materna Idade

Página com fotos lindas (Carol Dias) e utilizando um sketch do Scrap Entre Amigas. Poesia: À Espera

Fotos: Carol Dias
À Espera / Fotos: Carol Dias

Uma das minhas páginas preferidas: a evolução do barrigão!

Esperando
Esperando

Antes mesmo de nascer, o filhote já teve duas festas: um chá de fraldas em Floripa e outro em Joaçaba. Aqui tem o DIY do convite de chá de bebê.

Chá de Fraldas
Chá de Fraldas

Os primeiros momentos da família que nasceu, com outro sketch do Scrap Entre Amigas. Poesia: O Milagre

O Milagre
O Milagre

Mais uma página linda (adorei o resultado!) do nosso pequeno príncipe, com fotos lindas da Carol Dias e sketch do Scrap Entre Amigas.

Fotos: Carol Dias
Pequeno Príncipe / Fotos: Carol Dias

 

Essa foi apenas a primeira parte desse álbum do bebê. Que tal conhecer o restante do projeto do Scrapbook do bebê? Aproveita para se inspirar e registrar as memórias do teu pequeno também!

 

Vocês têm um álbum do bebê em casa? Há algum texto (poesia ou narrativa) sobre esse primeiro ano do bebê? Conta para mim aqui embaixo nos comentários (ou no Instagram ou no Facebook) que vou adorar trocar figurinhas sobre o assunto!

scrapbook do bebê imagens

 

loading...