Sabe aquela sensação de “será que dou conta”? Quando a gente se pergunta se é mesmo a mulher forte que diz para todos que é. Eu tenho essa sensação de vez em quando.

Sim. 80% do tempo eu gosto do que vejo no espelho. Vejo uma mulher que percorreu um caminho para chegar até onde chegou e gosta de onde está. Tem orgulho do que já passou e muita vontade de seguir adiante.

Mas tem esses 20% que incomodam de vez em quando. São aqueles dias em que duvidamos de nós mesmas. Da nossa capacidade e até da nossa vontade.

Mulher forte? Eu?

Em dias assim as coisas não costumam dar muito certo.

Normalmente a gente teve uma noite conturbada, o filhote não dormiu bem, todo mundo acorda meio atravessado. Aí a criança vomita o café da manhã e temos que trocar a roupa dela e a nossa, além de limpar a sala e o quarto. Todo mundo chega atrasado no colégio e no trabalho.

E a gente se pergunta por que mesmo não ficou com 15 anos pra sempre. Naquela época em que não precisava pagar as contas, não era responsável por mais ninguém e podia assistir à Sessão da Tarde.

Sabe o que eu penso de dias assim? Eles existem. São reais, acontecem de fato. E passam.

Passam! Tudo tem um fim – dias assim também tem 24 horas e terminam. Graças a Deus, vem um dia depois do outro. E uma noite bem dormida faz milagres para qualquer pessoa.

A gente pode sim se permitir ter dias ruins. Mas também tem que deixar que eles tenham fim. Seguir em frente, sempre em frente. É pra frente que se anda!

Mulher forte: eu sim!

Atualmente, sinto um peso que não precisava ser tão grande. Fala-se muito em mulher forte – em oposição ao tão criticado sexo frágil. Parece que hoje preciso ser uma super mulhertodo santo dia.

E vou te falar que nos dias em que dou conta de cuidar da casa, fazer o almoço, brincar com o filho, ser carinhosa com o marido e tomar um banho relaxante eu realmente me sinto uma super mulher. Mas isso não acontece todos os dias.

E tudo bem! Tudo bem ser uma mulher forte num dia e não ser no dia seguinte. A vida é assim mesmo. O que seria do azul se tudo fosse vermelho? É bom que a vida tenha essa dinâmica.

Foi pensando nisso tudo, mais um empurrãozinho do projeto Na Ponta da Caneta WT , que escrevi a poesia abaixo. Uma poesia sobre mim, às vezes mulher forte, às vezes não. Uma poesia sobre ti também?

 

Às vezes mulher forte

Às vezes mulher forte
que sabe seu norte
Outras meio perdida
pelos caminhos da vida

A gente segue em frente
pulando alguns buracos
porque não da pra ser diferente
desviamos de outros cacos

Ninguém precisa ser super mulher
todo santo dia!
Às vezes, não saber o que quer
não quebra toda magia!

Tudo bem ficar insatisfeita de vez em quando.
Mas também não é pra viver reclamando!
Um dia depois do outro, pra ti e pra mim
Porque a gente é mulher – exatamente assim.

Talita
22/03/2018
16:19

 

Essa poesia faz sentido para ti? Também te sentes uma mulher forte num dia e no outro não?

Conversa comigo aqui nos comentários (ou no Instagram ou no Facebbok)! Me conta o que fazer nesses dias em que as coisas não dão muito certo.

Ou, se preferir, simplesmente compartilha essa poesia com aquela mulher forte que conheces!

mulher forte frases

Ah! Há outras poesias sobre mulheres por aqui. Escrevi uma para a minha avó – uma sábia mulher. Escrevi outra para a minha mãe. Escrevi também uma super especial para minhas amigas mães.

mulher forte pinterest