Sim! Já temos mais um episódio das tirinhas das Mamães babonas! Dessa vez o tema é de interesse geral de todo mundo que tem criança pequena por perto: o desfralde.

Se ainda não conheces nossos quadrinhos com poesia de mãe, confere mais detalhes do projeto Mamães Babonas que acontece toda segunda quinta-feira do mês aqui no Só Melhora e no A Mãe Leoa simultaneamente.

O desfralde é um tema que ronda a vida de todas as mães e pais com filhos pequenos. Nas rodinhas de amigas, sempre tem gente perguntando e pedindo dicas sobre o assunto.

A verdade é que os pais costumam ser mais ansiosos que as crianças para dar um fim nas fraldas. E ansiedade não combina em nada com controle de esfíncteres. Nessa hora – e em todas as outras da vida! – o melhor é ter um bocado de paciência e esperar a hora dos pequenos.

O tal do desfralde

desfralde 01

Já contei por aqui nossa experiência com o desfralde diurno, quando o filho tinha 2 anos e meio, e o desfralde noturno, com 3 anos e meio do filhote. Sim, nós fizemos o desfralde em dois momentos distintos. Mas ambos foram super tranquilos!

 

Alguns fatores contribuíram para que o desfralde fosse tranquilo:

desfralde 02

– o pequeno deu sinais de que estava pronto: ele mesmo começou a pedir para usar o banheiro;

– houve zero pressão da nossa parte: quando ele pedia para ir ao banheiro, ia; quando não pedia, fazia na fralda (quando ainda usava);

– os acidentes não foram repreendidos: ele mesmo ficava envergonhado quando acontecia, não precisava que mais ninguém reforçasse o erro;

– deixar sem roupa: principalmente no começo, não precisar se preocupar em tirar bermuda + cueca + segurar a camiseta, ajudou bastante;

– deixar ele se experimentar: ele pediu para fazer xixi nas plantas, no ralo, na calçada, na piscina. Permitimos uma experiência de cada e reforçamos que a regra é fazer no banheiro;

– família toda incentivando: a cada xixi bem-sucedido, a família toda fazia a maior festa e o filhote saia todo orgulhoso contando para quem quer que fosse: “sabia que eu fiz xixi no banheiro?”.

 

O desfralde em quadrinhos

Mas vamos ao que interessa: poesia em quadrinhos! A Elaine, minha amiga linda e parceira de projeto, arrasou nas ilustrações dessas tirinhas! Amei particularmente a imagem da criança de mãos dadas com o relógio. A poesia, como sempre, foi feita a 4 mãos. Confiram o resultado:

 

A imagem é altamente pinável! Fiquem à vontade para salvar no Pinterest e compartilhar nossos quadrinhos pelas redes sociais. Só não esqueçam de mencionar a autoria e, se puderem, colocar o link desse post. Isso ajuda a divulgar esse projeto lindo e nossos blogs!

 

O desfrale

O desfralde sempre assusta
Mamãe achou que seria difícil
Mas esperou o tempo certinho
De tão rápido, foi incrível

Começou com boa conversa
Depois comprou um peniquinho
Oferecendo ao bb de hora em hora
A fazer o 1 e o 2 no seu troninho

E até mesmo aquelas mamães
Que morriam de nojinho
Aprendem a lidar
com o cocô do seu bebezinho

E alguns meses mais tarde,
Já viraram especialistas
Em pomada que não arde
Do bb, seu bumbunzinho

Comemoram a cada dia
O pacote de fraldas sobrando
Já não dói mais tanto no bolso
Já é um ciclo se encerrando

Ainda tem roupinhas molhadas
Porque esquecendo faz nas calças
O tanque dá uma congestionada
De cuecas e calcinhas encharcadas

Mas quando o bebê
Fica crescidinho,
Batem palmas
Quando ele/a já usa seu troninho

É um processo de progresso
O desfralde do bebê diurno
Mas calma, respira fundo…
Agora começaremos o noturno, rs!

Porque desfraldar com PACIÊNCIA e AMOR
Realmente é tudo de bom!!!

Elaine Alberico @amaeleoa
Talita Rodrigues Nunes @somelhora

 

desfralde 03

Conta aqui nos comentários (ou no Instagram ou no Facebook) o que vocês acharam desse episódio e como foi o desfralde por aí!

Não deixem de conferir a experiência da Elaine e seu leãozinho nessa aventura do desfralde no A Mãe Leoa!

Quem perdeu o episódio passado, é só conferir aqui as Mamães Babonas em Criança tem que fazer criancice.

Qual tema vocês querem ver nas tirinhas das Mamães Babonas? É só pedir que a gente prepara para vocês. Manifestem-se e nos ajudem com o próximo episódio!