Amo o pai do meu filho (poesia de Dia dos Pais)

E um belo dia estamos tão cansadas do microcosmo materno que é a vida com um recém-nascido, que quando o pai da criança – que costumava ser apenas seu marido – chega em casa, praticamente jogamos o bebê no colo dele e fugimos para o banheiro. Quem nunca?

Ficamos aqueles minutinhos no banheiro, recuperando a respiração e a sanidade, e quando tomamos coragem para voltar para a sala, vemos uma cena iluminada:

um homem lindo, reluzente, transbordando amor, com seu bebê sobre o peito.

Uma cena perfeita, de amor verdadeiro, que aquece nosso coração. E é bem aí que a mágica acontece: a gente se apaixona por aquele homem. Porque se antes ele era o amor da nossa vida, agora ele é o pai do nosso filho.

 

Mas a vida nos atropela, a rotina grita por atenção, o tempo passa descontroladamente. Até que outro belo dia, chegamos tarde em casa porque depois do trabalho ainda tivemos que ir a uma reunião no colégio do filho.

E naquele mesmo banheiro que usávamos como esconderijo quando tínhamos um bebê, está acontecendo outra cena iluminada daquelas:

um homem lindo, reluzente, transbordando amor, simpatia e segurança, com seu filho lindo, cheiroso e sorridente no colo.

É impossível conter o calor que transborda nosso coração e se espalha por todo o corpo. É impossível conter a mágica: a gente se apaixona por aquele homem. De novo. Mais ainda – se é que é possível quantificar o amor.

E aí que a poesia que deveria ser singela para o Dia dos Pais, transformou-se numa declaração de amor para aquele homem lindo por quem eu me apaixono cada vez mais: o pai do meu filho.

 

Amo o pai do meu filho

Eu já te amava
de verdade
e com muita
intensidade

Tanto que nosso amor
transbordou
e nossa vida
magicamente mudou

Aquele amor
mudou de vez
não é mais nós dois,
agora somos três

Mas a mudança
foi para melhor
porque nosso amor
está bem maior

E eu te amo
ainda mais
agora que comemoras
o Dia dos Pais

Talita
04/08/2016
9:35

Feliz Dia dos Pais para o pai do meu filho, meu príncipe. Feliz Dia dos Pais para o meu pai e para todos os pais que passam por aqui!

 

Que tal mais algumas poesias para aquecer o coração?
Por aqui tem poesia de amor para o pai: Olhos de flor e para o filho: Meu Vinicius. Tem poesia para a hora do parto: Que tenhas uma boa hora e para o resto da vida do bebê: O amor que não foi à primeira vista.

5 comentários em “Amo o pai do meu filho (poesia de Dia dos Pais)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *