O que exatamente a gente coloca na agenda? Como eu uso meu planner? São perguntas simples e introdutórias para quem busca organização pessoal, mas importantíssimas a meu ver. Recebo com uma certa frequência esse tipo de dúvida e achei que valia a pena escrever especificamente sobre o que colocar na agenda ou planner.

Para quem está chegando por aqui, é importante saber que há sim diferença entre agenda e planner. Já falei dessas diferenças (e das semelhanças também) em outro post por aqui. Acho que vale a leitura complementar desse texto.

Resumidamente, a agenda é algo mais enxuto, pensado para organizar especificamente as 24 horas do dia. O planner, por sua vez, tem uma agenda dentro de si, mas também possui mais espaço para anotações e planejamentos.

Gosto de utilizar essas duas ferramentas de organização para diferenciar também a própria organização do chamado planejamento. Outra leitura complementar é esse texto sobre informações organizadas e informações planejadas.

De forma simples, as informações organizadas são os compromissos que temos que fazer. Já as informações planejadas são as atividades que queremos fazer, mas não têm um dia e horário certo para isso. Feita essa pequena introdução, vamos ao que interessa para hoje: o que eu coloco na agenda?

imagem de uma agenda em branco

O que colocar na agenda do planner?

Mesmo que o planner vá além e tenha espaço para outras anotações e planejamentos, o foco desse texto de hoje é a agenda, ok? Como todo planner tem uma agenda dentro de si, o que vou dizer aqui vale tanto para planner quanto para agenda.

Normalmente chamo de agenda semanal a parte em que temos a visão da semana completa. No meu planner, vai de segunda a domingo, numa sequência horizontal em colunas. Ou seja, cada dia da semana é uma coluna na página dupla do planner.

Essa apresentação pode variar um pouco de uma marca para outra, mas, em geral, há sempre uma agenda semanal no planner! No meu planner 2022 da Nuvem de Papel, que é minha agenda escolhida a partir de 2020, há essa mesma visão semanal, que é a semana toda, de segunda a domingo, em duas páginas do planner.

Pois é nessas duas páginas que eu coloco as tais informações organizadas. Ou seja, entra na agenda todo e qualquer tipo de atividade ou compromisso que tiver um dia e/ou um horário certo para acontecer.

Além disso, pessoalmente, eu, Talita, gosto de anotar algumas atividades no dia que considero ser ideal para realizá-las, mesmo que não tenha essa obrigatoriedade. São informações planejadas que, no momento do meu planejamento semanal, eu escolho definir um dia certo para elas.

O que colocar na agenda:

  1. reuniões de trabalho
  2. treinamentos/cursos do trabalho
  3. aulas ao vivo/lives e cursos pessoais
  4. consultas médicas/dentistas da família
  5. massagem/depilação/cuidados pessoais
  6. banho/tosa/consultas animal de estimação
  7. aulas/cursos do marido
  8. aulas/atividades do filho
  9. aniversários
  10. viagens/passeios
  11. compras
  12. compromissos do blog
  13. treinos
  14. ciclo menstrual
  15. trocar lentes de contato
  16. limpeza/organização da casa/cardápio
  17. shows/teatro/cinema/festinhas

Essa não é uma lista exaustiva! Não mesmo! São apenas exemplos do que colocar na agenda para vocês terem como referência. Para responder às perguntas sobre o que entra na agenda, o que anotar na agenda, etc.

O mais importante é entender que tudo que precisa de lembrete no teu dia a dia deve ser anotado na agenda. Isso engloba itens que tenham um horário específico para acontecer, coisas que tenham um dia específico para acontecer e atividades planejadas pontuais.

imagem de uma agenda preenchida com exemplos de o que colocar na agenda

O que eu anoto na minha agenda

Partindo para a prática, gosto de compartilhar como eu faço as coisas por aqui para vocês terem um exemplo. Lembrando que cada um precisa adaptar as orientações para o que funciona melhor para si, no seu dia a dia.

Eu meio que traço uma linha imaginária no meio dos dias, separando a coluna de cada dia em duas partes. Na parte de baixo, eu anoto os compromissos com horário. Na parte de cima, eu anoto os itens que não têm horário específico. Podem ser atividades que eu tenha que fazer naquele dia, em qualquer hora do dia, ou atividades planejadas para aquele dia.

Nas laterais do planner, eu faço anotações diversas e atividades planejadas para a semana, mas sem um dia específico para serem realizadas. Na área superior, eu gosto de destacar um foco para a semana. A parte inferior dos dias eu uso para planejar a manutenção da casa e o cardápio semanal.

Às vezes o texto não é tão ilustrativo. Fiz um vídeo, então, para mostrar cada uma dessas partes. É só dar o play aí embaixo:

Como eu uso a agenda

O texto de hoje é para ser mais objetivo mesmo. Quem quiser mais detalhes de como eu uso essa parte da agenda do meu planner, pode conferir esse outro texto aqui. Nele eu falo, inclusive sobre a utilização de adesivos e cores para as diferentes áreas da vida.

Tem também uma live em que eu faço o planejamento semanal na prática. Vou fazendo o meu e mostrando cada passo. Quem tiver interesse em saber mais sobre o assunto, pode dar o play aí também:

É assim que funciona para mim. E para vocês? O que vocês colocam na agenda do planner por aí? Conta aqui nos comentários (ou no Instagram ou no Facebook) se o que eu disse aqui faz sentido para ti?