Para minha amiga grávida (poesia para compartilhar)

A poesia de hoje é completamente diferente da que publiquei anteriormente, que era bem curtinha, mais antiga e com temática diversa do mundo materno. A poesia de hoje foi escrita semana passada, para uma querida amiga grávida, e foi tanta emoção que não consegui colocar em poucas palavras. Porque estar

Que tenhas uma boa hora (poesia de parto)

Ainda hoje, agora mesmo, relendo os versos para escrever esse post, me emociono com essa poesia. Ter uma boa hora… Fiquei pensando no motivo de ser tomada por esse sentimento tão forte – a ponto de não conseguir impedir as lágrimas de escorrerem pelo meu rosto. Não é uma poesia

Eles também ficam grávidos, sabiam?

Um dos comentários do texto “Me vejo no meu filho (ou ele é a cara do pai)” me chamou bastante a atenção. A Fernanda, que fez o comentário, falava da tentativa do marido de entender e participar da gestação de seus filhos. Fiquei pensando sobre essa questão dos pais –