A te admirar (poesia de amor – qualquer tipo de amor)

No próximo sábado, dia 19, completamos – eu e meu príncipe – 11 anos de casados! Claro que essa data merece uma poesia de amor, né? (afinal, amo o pai do meu filho, lembram?) Mas não uma poesia de amor qualquer: separei uma bem especial para comemorar essa data marcante. Não

Um ano para viajar – a dois ou não (poesia)

Estava eu aqui, remexendo em alguns arquivos antigos e encontrei uma poesia perdida, de 2012, cujo tema era viajar. 2012 foi um ano bem especial pra gente: colocamos em prática nossos planos de viagens (visitamos muitos amigos queridos e fizemos a minha viagem dos sonhos: Itália e França) e ENGRAVIDAMOS. E

Amo o pai do meu filho (poesia de Dia dos Pais)

E um belo dia estamos tão cansadas do microcosmo materno que é a vida com um recém-nascido, que quando o pai da criança – que costumava ser apenas seu marido – chega em casa, praticamente jogamos o bebê no colo dele e fugimos para o banheiro. Quem nunca? Ficamos aqueles