Poesia de saudade (compartilha com quem está viajando!)

Acho que ainda não tinha publicado uma poesia de saudade por aqui. Mais uma vez, não é um poema especificamente focado no mundo materno. É outra poesia dedica ao pai do meu filho. De vez em quando, meu príncipe precisa viajar a trabalho e muitas vezes eu e o filhote

Para minha avó: poema para uma sábia mulher

Essa semana, por conta do Dia da Mulher, vi algumas homenagens sendo feitas para mulheres de destaque na sociedade, no mundo. Também quero fazer uma homenagem: para minha avó. Minha avó é a mulher mais incrível que já conheci nesse mundo! Dedico a ela toda a minha admiração e o

A te admirar (poesia de amor – qualquer tipo de amor)

No próximo sábado, dia 19, completamos – eu e meu príncipe – 11 anos de casados! Claro que essa data merece uma poesia de amor, né? (afinal, amo o pai do meu filho, lembram?) Mas não uma poesia de amor qualquer: separei uma bem especial para comemorar essa data marcante. Não

Um ano para viajar – a dois ou não (poesia)

Estava eu aqui, remexendo em alguns arquivos antigos e encontrei uma poesia perdida, de 2012, cujo tema era viajar. 2012 foi um ano bem especial pra gente: colocamos em prática nossos planos de viagens (visitamos muitos amigos queridos e fizemos a minha viagem dos sonhos: Itália e França) e ENGRAVIDAMOS. E

Amo o pai do meu filho (poesia de Dia dos Pais)

E um belo dia estamos tão cansadas do microcosmo materno que é a vida com um recém-nascido, que quando o pai da criança – que costumava ser apenas seu marido – chega em casa, praticamente jogamos o bebê no colo dele e fugimos para o banheiro. Quem nunca? Ficamos aqueles