Esse Roteiro Epcot com criança é para ajudar as famílias que decidiram visitar o chamado parque dos países da Disney de Orlando. Há tantos restaurantes para conhecer, tantos personagens para ver, tantas experiências para aproveitar, que se não houver um mínimo de planejamento e organização, corre-se o risco de se perder nisso tudo!

Então confere as dicas desse roteiro Epcot para famílias com crianças e faz as adaptações necessárias para o teu contexto. Esse roteiro foi pensado para uma família completa: pai, mãe, avós e filho – menino de 5 anos. Ele pode – e deve – ser adaptado conforme as particularidades da tua família.

imagem de uma família em frente ao parque epcot: roteiro epcot com criança

Premissas deste Roteiro Epcot com criança:

  1. Foco na criança: menino aventureiro de 5 anos, com 1,14m. Portanto, as atrações de Frozen ficaram de fora desse roteiro. O foco foi a exploração dos países (World Showcase) com a ajuda do Passaporte Epcot, mais algumas atrações do Future World que foram incluídas também.
  2. Diversão sem correria: ter os dias de férias controlados pelo relógio não faz parte do nosso conceito de diversão. Assim, nossa sugestão é visitar o Epcot em 2 dias, usando os FastPass+ para otimizar o tempo sem pegar tantas filas, passear pelos países com calma, curtindo a brincadeira do passaporte e fazendo boas refeições.
  3. Passaporte Epcot: o tal passaporte pode ser comprado em qualquer loja dos parques ou hotéis da Disney. É uma brincadeira divertida e educativa passar pelos pontos de atividade em casa país, receber o carimbo e ter seu nome escrito na língua local. Quem não quiser comprar, pode brincar do mesmo jeito com os cartões gratuitos fornecidos em cada pavilhão. Vale a pena!
  4. Flexibilidade e adaptação: não só, mas especialmente em viagens com crianças, precisamos ir de mente aberta. Imprevistos acontecem (pode chover, a criança pode ficar doentinha, o grupo pode estar muito cansado num dia, uma atração escolhida pode estar em manutenção) e ninguém deve estragar a diversão por isso. Um roteiro é útil exatamente para te dar opções nessas horas.

Roteiro Epcot com criança

família no Epcot: roteiro epcot com criança

Dicas gerais sobre o Epcot

Muita gente considera esse um parque adulto. Eu já penso que é bem bacana para crianças também, se criarmos oportunidades adequadas. Toda a parte do Future World tem atrações (brinquedos) que as crianças adoram. E o World Showcase é bem interessante se puxarmos para o lado de explorar os países e suas características específicas.

Tem tanta coisa legal para se ver e fazer que, mesmo em 2 dias, não dá para fazer tudo. É preciso escolher de acordo com o gosto da sua família. Tudo bem até aí porque a intenção não é gabaritar todas as atrações, e sim se divertir, certo?

Nossa sugestão é num dia escolher suas atrações preferidas para a parte da manhã e passear por metade dos países à tarde. Em outro dia, chegar mais tarde, passear pela outra metade dos países e ficar para o show de fogos à noite.

Nós não somos os primeiros a chegar, nem os últimos a sair. Então, diferentemente de outros roteiros que há pela internet, não vamos sugerir que vocês o façam também.

Por outro lado, recomendo fortemente que levem uma mochila recheada com tudo o que puderem precisar durante o dia. Para carregar a mochila e a criança, o carrinho de bebê é indispensável. Crianças até uns 6 ou 7 anos podem se beneficiar muito do carrinho: é um descanso porque se caminha muito ao ar livre e ainda podem tirar um cochilo durante o dia.

momentos de diversão em família no parque epcot

O que levar na mochila para o Epcot:

  1. Água: de preferência naquelas garrafinhas que mantém a água fresca por mais tempo;
  2. Lanchinho: frutas, castanhas, cereais, biscoitos (tudo fácil de comprar em qualquer supermercado local);
  3. Protetor solar, óculos de sol, boné: lembra que vai ter muita caminhada em área aberta;
  4. Casaquinho: dentro das áreas fechadas, especialmente restaurantes e ônibus, costuma ter um ar condicionado bem friozinho;
  5. Capa de chuva: se for uma chuvinha passageira, da para encarar com uma capa e não perder tempo esperando ela passar;
  6. Muda de roupa: pensando na possibilidade dos pequenos se sujarem;
  7. Máquina fotográfica, celular, carregadores: nos dias atuais, ninguém fica sem, né?
  8. Passaporte Epcot e Caderno de autógrafos: é a parte mais divertida para as crianças. Elas AMAM colecionar autógrafos dos personagens e carimbos dos países (já falei sobre lembranças Disney por aqui);
  9. Pressed Coins: outra coisa que faz sucesso com os pequenos são as moedinhas personalizadas espalhadas pelo parque;
  10. Documentos: gosto de ter uma bolsinha separada para passaporte (o oficial!), carteira, cartão do seguro, reservas e vouchers em geral;
  11. Necessaire: escova e pasta de dente, escova de cabelo, lenço umedecido, protetor labial, elástico de cabelo, remédio para dor e febre.
imagem do Tico dando autógrafo para um menino

Roteiro Epcot para famílias com crianças: dia 1

1. Future World

O Future World (Mundo do Futuro) é a parte futurística do Epcot. É aqui que estão concentradas as atrações do tipo “brinquedo”. Também há boas opções de restaures por aqui.

Nós preferimos tomar café da manhã no quarto do hotel, para ir acordando aos poucos e arrumando a mochila antes de ir ao parque. Nessa última viagem que fizemos (com o filhote com 5 anos), precisamos abortar essa primeira manhã no Epcot porque ele acordou com febre.

Lembram que eu falei que imprevistos acontecem? Pois é, achamos melhor chegar no parque próximo à hora do almoço. Assim o pequeno não se cansaria tanto – e temos um motivo para voltar lá! De qualquer modo, vou deixar aqui a minha sugestão de roteiro para essa primeira manhã no Epcot.

1.1 Test Track: é uma das atrações mais populares do parque, portanto, vale marcar um FasPass+ aqui. Nela se monta um carro e depois pode-se testá-lo, correndo nele de verdade. Certeza que meu filho iria amar!

1.2 Mission Space: essa atração divide opiniões. É um simulador de vôo espacial. Há os que elogiam muito e há os que não recomendam porque ela pode causar enjoo (mesmo na versão mais leve). Ainda pretendo experimentar para ter minha própria opinião.

1.3 Spaceship Earth: é a atração clássica que fica dentro da bola, logo na entrada. É um trenzinho que vai passando pela evolução da humanidade. Não é nada super emocionante, mas vale o passeio e os pequenos costumam gostar.

1.4 Soarin’: esse é “apenas” o brinquedo mais legal do parque! Não sou só eu que acho isso, portanto, é muito recomendado agendar um FastPass+ aqui. É um simulador de asa delta, onde se passa por paisagens incríveis e sente-se até os cheiros diferentes de cada local.

imagem do restaurante Garden Grill no Epcot
vários personagens que aparecem no restaurante Garden Grill do parque Epcot

Almoço: nessa área do Future World (pertinho do Soarin) há um restaurante muito especial chamado Garden Grill. É um restaurante giratório – sim! A gente vai comendo e ele vai girando (muito lentamente, não causa desconforto nenhum).

A comida é deliciosa e muitos dos vegetais e legumes são cultivados no próprio parque. Enquanto os garçons vão trazendo a comida e nós vamos nos deliciando com ela, alguns personagens vão passando pelas mesas.

O próprio Mickey, além do Pluto, Tico e Teco tiram fotos com todos e assinam os cadernos de autógrafos de quem tiver. É uma interação super bacana porque não se precisa ficar esperando numa fila para isso. Além de garantir uma boa refeição para a família. Recomendo muito!

imagens do brinquedo do nemo no epcot
fotos com os tubarões do filme nemo - roteiro epcot com criança

1.5 The Seas with Nemo and Friends: a gente entra numa concha e passa pelas cenas do filme do Nemo. É super bonitinho e no final tem uma área para tirar foto com os tubarões do filme. Além disso, tem uma exposição interativa sobre animais marinhos e vários aquários lindos!

família se divertindo com o roteiro epcot com criança

2. World Showcase

Essa é a parte dos países – a minha preferida! São 11 pavilhões representando um pouquinho de cada país: cultura, culinária, lojas. Meu filhote amou brincar de explorador por aqui e ir descobrindo as diferenças de cada região.

1.1 México: começamos a nossa volta ao mundo pelo México. Dentro do pavilhão do México tem um passeio de barco com o Zé Carioca e seus amigos super bonitinho de fazer.

A decoração interna desse pavilhão é linda! Representa uma vila mexicana à noite e é uma delícia passear por ali. Para quem curte comida mexicana também vale experimentar os restaurantes.

menino viking na Noruega do Epcot

1.2 Noruega: é aqui que fica uma série de atrações de Frozen. Como meu filhote pediu um roteiro sem princesas, nós não conhecemos essa parte.

Mas passeamos pela região nos divertindo com o mundo viking, entrando nas lojinhas e carimbando o passaporte do pequeno.

partes do pavilhão da China no Epcot

1.3 China: as lojinhas desse pavilhão tem coisas bem diferentes que vale a visita. O filhote adorou ter seu nome escrito em chinês.

Há por aqui um show de acrobatas bem bacaninha. Vale assistir se estiver acontecendo enquanto vocês passeiam pela região.

partes do pavilhão da Alemanha no Epcot
doces da loja Karamell Kuche no pavilhão da Alemanha no Epcot

1.4 Alemanha: há muitas coisas bacanas no pavilhão da Alemanha. Os adultos costumam preferir a parte da Oktoberfest e experimentar as cervejas alemãs. As crianças adoram um trenzinho que passe pela maquete da Rota Romântica.

Minha parte preferida é a loja Karamell-Küche (Cozinha do Caramelo) com seu cheiro de caramelo espalhado pelo ar e seus doces deliciosos! O restaurante Biergarten também é uma boa opção. Além do buffet com comida típica alemã, tem um showzinho de de música e dança típicas que diverte a família inteira.

Quem tiver fôlego, pode continuar a volta ao mundo ou voltar para alguma atração que ficou para trás. Nós encerramos nosso dia no Fort Wilderness, no churrasco do Mickey – uma das refeições mais divertidas que já fui!

telefone típico do Reino Unido no Epcot

Roteiro Epcot para crianças: dia 2

1. World Showcase

Para o segundo dia de roteiro Epcot com criança, a sugestão é continuar a explorar os pavilhões dos países e preencher todas as páginas do passaporte Epcot. Pode-se chegar mais tarde nesse segundo dia, pensando em ficar até a noite para assistir ao show de fogos.

partes do pavilhão do Canadá no Epcot

2.1 Canadá: é no pavilhão do Canadá que fica um dos restaurantes mais elogiados do Epcot: o Le Cellier. Ainda precisamos conhecer para confirmar a fama de carnes deliciosas.

Esse pavilhão tem uma área externa linda, com uma queda d’água que costuma impressionar as crianças. E um jardim incrível perto da entrada do restaurante.

partes do pavilhão do Reino Unido no Epcto

2.2 Reino Unido: uma das coisas mais bacanas desse pavilhão é a música ao vivo que acontece em várias apresentações durante o dia.

Além disso, recomendo fortemente passear com calma pela lojinha. Há chás e biscoitos deliciosos por lá!

imagem de um menino carimbando seu passaporte no pavilhão da França do Epcot

2.3 França: ah, a França! Assim como a Alemanha, é um dos pavilhões mais cheirosos e deliciosos! Aqui o cheio é de perfumes, vendidos na lojinha.

E a parte gastronômica da França é uma das minhas preferidas de todo esse roteiro Epcot com criança! Nesse pavilhão, os dois restaurantes (table service) são bons, mas a patisserie não deve ser menosprezada. Agora, o ponto alto da comilança é a sorveteria, L’Artisan des Glaces. Simplesmente imperdível!

imagem de um menino carimbando seu passaporte no pavilhão do Marrocos do Epcot

2.4 Marrocos: eu fico boqueaberta com a decoração e ambientação do Epcot. A gente realmente se sente em países diferentes em cada pavilhão. O pavilhão do Marrocos é incrível nesse sentido! Bem, eu nunca estive no Marrocos para poder comparar, mas acho lindo caminhar pelo pavilhão.

O Vinicius se divertiu com os cast members (funcionários) falando na língua local. E ficou encantado com o seu nome escrito em árabe – de trás para frente!

imagem de um menino carimbando seu passaporte no pavilhão do Japão do Epcot
menino brincando com o Pikachu no pavilhão do Japão no Epcot

2.5 Japão: outro pavilhão incrível! Vale passear com calma pela lojinha porque tem bastante coisa interessante por lá. Tem até umas mulheres abrindo ostras para retirar pérolas (dá para comprar, se quiser). Tem todo um showzinho para isso e bem legal acompanhar.

Há também um show de tambores na parte externa bem interessante. Por aqui teve um capricho ainda maior na hora de carimbar o passaporte do filhote. Além do carimbo e do nome escrito em japonês, o pequeno ganhou um desenho de panda muito fofo no seu passaporte!

imagem de um menino carimbando seu passaporte no pavilhão dos Estados Unidos do Epcot - epcot com criança

2.6 Estados Unidos: vou ser bem sincera: acho o pavilhão dos Estados Unidos o mais sem graça do Epcot. Até porque a gente já está nos EUA e não precisa de um pavilhão para conhecer a cultura local.

Ainda assim, vale a passada para completar os carimbos do passaporte Epcot.

imagens do pavilhão da Itália no Epcot - epcot com criança

2.7 Itália: escolhemos encerrar a volta ao mundo na Itália de propósito. Além de ter restaurantes ótimos (restaurante à la carte, pizzaria, casa de queijos e vinhos: todos eles são excelentes!), é um ótimo local para ver o show de fogos de encerramento.

Minha mãe fala italiana e adorou poder soltar a língua por lá. O pequeno se divertiu com o sotaque e com a comida.

família jantando no restaurante Tutto Itália - epcot com criança

Jantar: a minha dica de jantar é o restaurante Tutto Itália. Tudo o que comemos estava delicioso – e olha que não comemos pouca coisa! Comida italiana de verdade (não aquele molho apimentado tradicional americano) e bom atendimento.

Além disse, bem em frente ao restaurante é um dos melhores pontos para se assistir ao show de fogos noturno. Só de lembrar, já fiquei com a boa cheia d’água e morrendo de vontade de voltar!

Para encerrar esse roteiro Epcot com criança com chave de ouro, vale assistir ao Illuminations: Reflections of Earth. É o show de fogos de encerramento do parque – muito lindo!

A única ressalva é que ele costuma acontecer mais tarde (21:00 ou 21:30). Por isso, a sugestão desse segundo dia no Epcot é chegar mais tarde para ir embora mais tarde também.

A ideia é que esse roteiro Epcot com criança seja útil para as famílias que vão aproveitar o parque. Então, deixa aqui embaixo nos comentários (ou no Instagram ou no Facebbok) o que podemos melhorar no roteiro.

imagem de um menino com o pikachu

Quem quiser conferir nossa aventura na Disney com bebê, vale ler meu relato sincero. E também já mostrei por aqui o scrapbook da nossa última viagem para a Disney.

loading...