Pode até parecer clichê, mas depois que a gente vira mãe, comprova na prática o que dizia a teoria. Ser mãe é mesmo padecer no paraíso! Vem colocar a leitura em dia nesse sábado com textos inspiradores sobre esse tema! Confere aí a minha listinha!

Falando nisso, já conferiu minha narrativa sobre um dia de maternidade real?

 

Na listinha de hoje tem: rotina do bebê, solidão da maternidade, aproveitar a soneca, dia a dia de mãe e eita nós.

 

Lembrando que essa é minha forma de reunir textos de que gostei para consultar no futuro. E, ao mesmo tempo, uma segunda chance de se informar para quem perdeu essa leitura durante semana, certo?

 

padecer no paraíso 01
Porque só quem é mãe e pai entende a importância de se manter a rotina do bebê. Pode ser a diferença entre realmente estar no paraíso ou simplesmente padecer.

 

padecer no paraíso 02
Parece contraditório, mas a maternidade traz, ao menos em seu começo, um tanto de solidão. Isso é bem comum e, como tudo na vida, passa.

 

padecer no paraíso 03
Relato prático (em vídeo) de como a gente pode se organizar para aproveitar aqueles poucos minutos em que o bebê está fazendo a soneca.

 

padecer no paraíso 04
O dia a dia simples e complicado de uma mãe. Tem horas que é horrível. Tem horas que é maravilhosa! É, deve ser por isso que dizem que é padecer no paraíso.

 

padecer no paraíso 05
5 situação em que todo mãe pensa “Eita nós! Agora foi!” (tá bom, sei que a maioria fala um palavrão mesmo, mas não quis escrever aqui!). PS: ignorem a publicidade no final do texto.

 

E aí? Gostaram da minha listinha de melhores links da semana: padecer no paraíso?

Se vocês tiverem mais alguma dica imperdível desse tema que foi postada durante essa semana ou conhecerem um blog materno muito bacana, indica aqui nos comentários, combinado? Adoro conhecer outros blogs e textos interessantes! 😉