Sim! Nossos animais de estimação também têm direito a ter um scrapbook para chamar de seu! Essa é a ideia que vim compartilhar com vocês hoje: um scrapbook bom pra cachorro!

Fiz um mini álbum para a nossa cachorrinha, uma schnauzer sal e pimenta chamada Loly. Ela faz 8 anos em abril (2018), mas esse mini foi feito com fotos dos dois primeiros anos da vida dela.

É bem verdade que a Loly está sempre presente nos nossos álbuns de scrapbook de família. Afinal de contas, ela faz parte da nossa família. Mas esse mini foi feito especialmente para ela, contando a história dela.

Scrapbook bom pra cachorro

Já comentei por aqui que scrap é uma forma de registrar momentos especiais da vida. É um jeito bem especial de guardar histórias que merecem ser relembradas com carinho.

Penso que um bichinho de estimação é uma dessas histórias que merece um registro bacana. Seja um cachorro, um gato, um peixe ou qualquer outro animal. Sempre vão ter um espaço cheio de amor no nosso coração – e nos nossos álbuns.

scrapbook bom pra cachorro capaMini álbum da Loly

Fiz um mini álbum sanfonado com base branca bem simples. No total, foram 8 quadrados, sendo 2 quadrados utilizados para capa e contracapa. Ou seja, internamente, o mini ficou com 3 páginas duplas.

Utilizei papéis estampados da mesma coleção (para facilitar a harmonização) e papéis lisos (vermelho e verde). A base branca também facilita a combinação de cores.

Fiz um grande bolso na capa e coloquei duas tags: uma com uma fotinho dela e outra com a data de abrangência do álbum. Para o fechamento, usei uma fita e dei um laço.

As duas primeiras páginas são as minhas preferidas! Fotos da Loly bebê (porque a gente acha bebês e filhotes tão fofos? Será que Freud explica?). Além disso, usei alfabetos adesivados para falar da sua raça (Schnauzer) e sua cor (Sal e Pimenta – cinza).

Como esse mini tem um formato pequeno, pode-se trabalhar facilmente com retalhos de papel. Praticamente toda a decoração do álbum foi feita com retalhos de papel e alguns recortes da mesma coleção.

scrapbook bom pra cachorro 02

Carinho em forma de scrap

As páginas seguintes têm registros do nosso carinho com a filhote peluda. O journaling (o texto) conta a história da chegada da Loly na nossa vida.

Gosto muito de usar elementos reais para decorar os álbuns. No scrapbook, esses elementos são chamados de memoriabília. Nas páginas acima, usei pedaços de coleiras da bigoduda. O saquinho plástico à direita guarda os dentinhos dela.

Para dar um destaque e não deixar tão monótono, usei um fundo verde para as últimas páginas desse scrapbook bom pra cachorro. Aqui já são fotos da Loly no seu segundo ano, praticamente uma cachorra adulta.

A foto da esquerda tem uma história ótima: foi um dia em que ela se sujou tanto de lama que precisou de um abanho de banheira (na época, morávamos num apartamento). À direita, outro pedaço de coleira enfeita o rodapé da página.

E assim temos uma linda recordação da nossa peluda! Eu adoro rever esses álbuns de memórias! E o Vinicius também já pegou gosto pela coisa!

Aliás, esse é outra história que merece ser registrada: a amizade entre eles! Enquanto não faço um scrapbook sobre isso, vocês podem ler um pouco de como essa amizade entre bebês e cachorros começou aqui.

Quais animais de estimação vocês têm por aí? Já pensaram em fazer um scrapbook para contar a história deles? Conta pra mim aqui nos comentários (ou no Instagram ou no Facebbok) . Vamos conversar!

loading...