A coluna de Música Infantil aqui no Só Melhora estreia sua temporada 2018 em grande estilo: falando de Barbatuques! Pensa num grupo incrível que faz música explorando os sons corporais. Pensou? Barbatuques é ainda melhor!

O grupo musical paulistano, composto por 14 integrantes, desenvolveu ao longo de sua trajetória (desde 1995) uma abordagem única da música corporal. Através de suas composições, técnicas, exploração de timbres e procedimentos criativos, o Barbatuques produz um som que repercute na gente!

barbatuques 01

Barbatuques: a mágica da música corporal

Tudo começou com as pesquisas e criações de Fernando Barba e seu contato com o músico Stênio Mendes. Depois disso, foram se somando a bagagem individual de cada integrante e sendo desenvolvidas as experiências coletivas. Assim, o Barbatuques deu origem a diferentes técnicas de percussão corporal, percussão vocal, sapateado e improvisação musical.

O resultado dessa caminhada de mais de 20 anos é música de qualidade totalmente original! Agrada todas as idades e diversos estilos pessoais.

Uma das coisas que mais me encanta no grupo é sua interatividade e dinamicidade. Segundo o site deles, “Sua forma inovadora de fazer música e as inúmeras possibilidades de extrair os sons do corpo tornaram o grupo reconhecido e atuante tanto no meio artístico quanto educacional”.

O trabalho se expande na “criação de espetáculos musicais, álbuns, treinamentos e oficinas, que já foram levados a mais de 20 países ao redor do mundo. A trajetória do Barbatuques contribuiu significativamente para a música corporal se tornar mais difundida mundialmente como uma estética contemporânea e uma importante ferramenta educacional”.

barbatuques 02

Discografia e shows do Barbatuques

O grupo possui 4 CDs lançados. O mais recente é de 2015: “AYÚ“. O meu preferido – e o motivo para eles estarem aqui nessa coluna é o de 2012, voltado para o público infantil: “Tum Pá” . O primeiro CD gravado é de 2002: “Corpo do Som” e o segundo é de 2005: “O seguinte é esse”.

Há ainda 2 DVDs do Barbatuques: “Corpo do Som ao Vivo” (2007) e “Tum Pá ao Vivo” (2014). Claro que indico o DVD de música para crianças! Aliás, melhor que o CD e o DVD, é poder curtir o show desse trabalho.

Tum Pá é o primeiro espetáculo do Barbatuques totalmente dedicado ao público infantil.

barbatuques instagram

“No show são apresentadas as faixas que compõe o disco, repertório formado por canções autorais do grupo e outras da cultura popular em versões originais e inusitadas.

Tum Pá é uma jornada através de sons que brincam com todo o corpo. Jogos rítmicos, assobios e cantos, imitação de instrumentos musicais, adivinhas e muito mais na busca pelos mais variados sons através do corpo. Proporciona às crianças (e aos adultos) uma forma diferente de perceber e brincar com a sonoridade do mundo.”

Para vocês terem um gostinho do que estou falando – e como é tradição aqui no Só Melhora – deixo um vídeo do grupo.  Escolhi mostrar “Samba lelê”, uma música do Cancioneiro Infantil apresentada de uma forma totalmente incrível por eles.

 

Além do site, recheado de informações interessantes (incluindo todas as redes sociais do grupo, para quem quiser acompanhar), o Barbatuques tem um canal no YouTube com muitos vídeos do lindo trabalho deles. Super recomendo!

 

Para quem gosta de música infantil tanto quanto eu, clica na categoria “Música Infantil” lá embaixo (no rodapé) que tem muito mais por aqui! Já falei sobre Palavra Cantada, minha paixão por Vinicius para crianças e o incrível projeto Pequeno Cidadão. Clica aí para ver o que vocês perderam!

 

E me contem se vocês já conheciam esse trabalho infantil do Barbatuques! Seus pequenos já exploraram os sons corporais por aí?
Qual outro cantor, grupo ou poeta vocês querem ver por aqui? Me ajudem a pensar no tema do próximo post de Música Infantil!

barbatuques pinterest

loading...