7 Produtos de farmácia para bebês e crianças (nada óbvios!)

Sei que vocês gostam das minhas listinhas de produtos por aqui. E eu adoro contar das coisinhas que curtimos (ou não) para vocês. Hoje resolvi listar alguns produtos de farmácia para bebês e crianças que não são tão óbvios assim.

Depois que o filhote nasce, as compras na farmácia costumam triplicar em quantidade. Pelo menos comigo foi assim! Antes da gravidez, passava por lá vez ou outra, para comprar algum medicamento para resfriados ou uma acetona e algodão. Depois que me tornei mãe, faço basicamente um rancho para o mês!

Não vou entrar no mérito dos remédios – até porque medicamentos precisam de prescrição médica! Tão pouco estou falando apenas de fraldas, lenços umedecidos e pomada para assaduras – compro isso tudo também, claro. Mas vou enumerar alguns itens que nem sempre lembramos e que merecem destaque quando se fala em

produtos de farmácia para bebês e crianças:

 

1- Bepantol:

Tá, eu não queria começar esse post citando marcas patenteadas, mas se eu falasse em pomada de dexpantenol ninguém ia saber do que se trata, né? O que importa é saber que ninguém pode esquecer de incluir a tal pomada na listinha da farmácia!

Aqui em casa, nunca usamos para tratar assaduras, apesar dessa ser a função original do composto. Mas, vivendo numa cidade bem fria, usamos diariamente para hidratar os lábios (tanto eu quanto o Vinicius sofremos com lábios rachados, especialmente os cantinhos da boca).

Além disso, quando bate um resfriado que o pequeno assoa muitas vezes o nariz, também usamos para hidratar essa região que fica esfolada. Ah! E quando, por um motivo ou outro, o pênis do filhote fica assado – o popular “peru vermelho”. (Há inúmeras utilidades para as mamães também, hidrata de cutículas a cabelos! Pesquise para se surpreender!)

2- Soro fisiológico:

Se vocês não consumiam esse produto antes, depois da maternidade ele certamente fará parte da sua vida. Usamos o soro fisiológico diariamente para limpar o nariz do pequeno e eventualmente para limpar os olhos (especialmente quando há bastante secreção). Há ainda uma outra utilização: para fazer nebulização.

Como temos que observar a validade, costumo comprar a menor embalagem disponível. E não esqueçam de conservar na geladeira!

3- Protetor labial:

Eu sou a louca do protetor labial! Se o meu estiver pela metade, já corro para providenciar outro! Percebem que eu realmente sofro com lábios rachados, né? E acabei passando o costume para o filhote.

Tenho sempre um protetor labial na minha bolsa, na bolsa de passeio do meu filho e na mochila do colégio dele também! Gosto bastante dos protetores da Nívea e da Maybelline.

4- Curativos para crianças:

Sim, estou falando do bom e velho Band Aid. Essa é a marca registrada do curativo mais popular que conhecemos, mas existe o mesmo produto de outras marcas, viu? (Algum bebê por aí na fase capacete?)

Bom, não importa a marca. Se fores mãe (ou pai), sabes que um curativo decorado com o personagem preferido do filhote faz milagres depois de um tombo ou de uma vacina, certo? Portanto, tem que estar na lista da farmácia.

5- Escova e pasta de dentes infantil:

Sim, esses dois itens também entram na minha listinha da farmácia. Claro que eu poderia comprar no supermercado (aliás, todas as mercadorias aqui enumeradas poderiam!), mas na farmácia costuma ter mais opções.

Gostamos bastante da linha Oral-B Stages, que foi indicação da dentista do Vinicius. Mas vale lembrar que o melhor sempre é conversar com o odontopediatra do seu filho para ver a melhor opção para ele.

6- Escova de cabelo de viagem:

Sim, eu sei que existem vários modelos de escovas de cabelo infantis. Mas posso falar? Aqui em casa optamos por uma escova de cabelo na versão viagem (ou modelo pequeno) para o Vinicius.

Como é recomendado trocar a escova com certa frequência, quando eu compro uma nova para mim, compro também uma para o filhote em versão pequena. Ele fica todo se achando com uma escova igual à da mamãe. Gosto bastante da Marco Boni, elas tem um colorido em degradê lindo!

7- Composto lácteo:

O Vinicius está com 3 anos e meio e continua tomando mamadeira – não vejo motivos para retirá-la da vida do pequeno. Assim, o composto lácteo também entra nessa lista por um motivo simples: costuma ser mais barato comprar em farmácia que em supermercado.

Preferimos o composto lácteo ao leite em pó (ou de caixinha) por conta dos bons nutrientes adicionados às fórmulas artificiais e por não conter açúcar (sacarose). Por aqui, o filhote consome o Neslac.

 

E vocês? Que itens colocam na listinha da farmácia?
Como já mencionei, toda essa lista de produtos de farmácia para bebês e crianças pode ser comprada num supermercado. Nomeei assim (produtos de farmácia) apenas para facilitar a identificação.
Apenas para esclarecer, as marcas citadas aqui fazem parte da nossa escolha pessoal. Experimentamos e gostamos de tudo que foi indicado (aliás, só por isso foi indicado!). A indicação das marcas não é publicidade, mas como muita gente me pergunta, achei válido constar da lista.

produtos de farmácia info

2 comentários em “7 Produtos de farmácia para bebês e crianças (nada óbvios!)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.