Eu sei que muita gente não gosta nem um pouquinho de calor. Mas eu não sou dessas! Eu prefiro mesmo o Verão! E precisava escrever uma poesia de Verão para declarar isso em versos.

Eu sou de Floripa, me acostumei a ter o mar como paisagem diária. Sei lidar melhor com o calor que com o frio. Aliás, já falei algumas vezes por aqui que sou completamente improdutiva no frio.

Meu relógio biológico é mais ativo de dia que à noite. Se acordo com o sol, meu dia já começa mais animado. Gosto mais dos meus vestidos e sandálias que dos casacos e botas. É uma questão de gosto. É uma questão de preferência.

Ah! E depois que me tornei mãe, amo ainda mais o Verão!

Porque é quando esquenta que a tosse para, que a respiração do filhote melhora, que voltamos a dormir a noite toda. É nessa estação que o pequeno alérgico consegue ficar sem medicação, praticamente sem roupa e com um sorriso constante no rosto.

Como eu disse, precisava declarar meu amor numa poesia de Verão:

 

Eu prefiro Verão

Pelo sim, pelo não,
Eu prefiro Verão!

Gosto mesmo é de sol,
luz entrando pela janela,
peixe no anzol
e uma praia imensamente bela.

Adoro dias mais compridos,
noites bem dormidas,
meu filho sem comprimidos,
férias bem curtidas.

Salada de fruta geladinha.
Picolé de limão,
passear sem pressa na pracinha
e muito amor no coração.

Pelo sim, pelo não,
Eu prefiro verão!

Talita
25/01/2017
14:37

 

Já sei que terão os que vão amar minha poesia de Verão e os que irão detestá-la.
Pode dizer aí qual o teu time!

 

Procurando mais poemas sobre verão e cotidiano materno? Aqui tem poesia sobre ser criança, poesia para quem quer viajar e até poesia que esclarece que cada mãe tem sua verdade.

poesia de verão pinterest

loading...