Vocês já ouviram falar no parque Beto Carrero World, certo? O Vinicius não. Para ele, esse parque é “a casa do Alex“.

Isso porque Alex – o leão de Madagascar – foi o personagem (e o momento) mais querido pelo filhote nos dois dias super especiais que passamos no parque.

Se vocês, assim como eu, se interessam por destinos bacanas para ir com os pequenos, vão gostar de relembrar comigo dessa estréia do pequeno no Beto Carrero!

 

beto carrero-02
Atmosfera medieval no Excalibur

beto carrero-03Passeio com criança tem um ritmo diferente (já falei sobre isso nos posts sobre nossa viagem para a Disney). Assim, o primeiro dia de parque começou com um almoço no Excalibur.

O Excalibur é o restaurante com show do Beto Carrero. Ao contrário do que já tinha lido por aí, gostei da comida. Simples, mas completinha: o Vinicius comeu super bem (brócolis, cenoura, arroz, frango e batatinha).

O show é que merece ressalvas para crianças pequenas: há cenas de violência que achei desnecessárias para o pequeno.

Depois fomos curtir a parte do zoológico. Tinha certeza de que o filhote gostaria, pois adora bichos.

Essa parte do zoológico é bem grande no parque e sempre gosto de passear com calma por lá – além de curtir os animais, há várias árvores que garantem um pouco de sombra (super necessário num dia quente e com crianças!).

beto carrero-04
Dando mamadeira para o cabritinho

Uma atividade muito bacana é a possibilidade de dar mamadeiras de leite para os cabritinhos. Tem horário marcado (quando fomos, era às 14:30), custa R$ 5,00 a mamadeira e é bem divertido!

beto carrero-05
Olha o tamanho do dino!

 

Outra atividade divertida é o passeio de trem. Costuma ter bastante procura e, dependendo da época do ano, algum tempo de espera na fila.

O trem passa por dentro do zoológico, há uma intervenção com bandidos e cavaleiros, mas a parte que o Vinicius mais gostou foi a aparição dos dinossauros.

Rolou um pouquinho de medo na caverna (que é escura e barulhenta), mas depois quis tirar muitas fotos com os dinos.

 

beto carrero-07
Na boca do hipopótamo!

 

Aliás, falando em fotos… para quem gosta de fotos divertidas, o parque é uma perdição!

Tem diversos cenários que inspiram muitas fotos legais – sofri muito para escolher só algumas fotos para esse post.

 

 

beto carrero-08
Exausto no fim do dia

 

O pequeno estava tão ansioso com esse passeio, que custou a dormir na noite anterior e acordou super cedo no dia em que iríamos. Achei que ele fosse dormir no carro, durante a viagem, mas que nada! Foi falando a viagem toda que o Alex devia estar esperando por ele!

Imaginamos que ele fosse dormir depois do almoço, mas novamente nos enganamos… A adrenalina devia estar alta mesmo, porque as baterias só acabaram lá pelas 17:30 – e aí ele capotou!

Fica a dica: carrinhos são super importantes nesses passeios!

 

Como o passeio precisava ser no ritmo do filhote (que estava com 2 anos e 7 meses), achamos melhor estender a brincadeira por dois dias. E foi bom mesmo!

 

beto carrero-11
Família toda se divertindo

No segundo dia, o Vinicius pediu para repetir o show do Madagascar – disparado a parte que ele mais gostou do parque.

beto carrero-13
Há toda uma área do parque reservada para Madagascar. Além do show, pode-se tirar foto com os personagens, brinquedos temáticos e cenários lindos para curtir e fotografar.

É uma delícia ver como os pequenos entram na fantasia e se divertem com os personagens!

No primeiro dia priorizamos os shows e atividades com horários – Excalibur, show do Madagascar, mamadeira dos cabritos. Mas ainda conseguimos passear de trem e curtir o zoológico.

 

beto carrero-09
O Carrossel é sempre sucesso entre os pequenos

 

No segundo dia, a ideia era aproveitar os brinquedos. E aproveitamos mesmo! Apesar da fila de praticamente uma hora, curtimos o passeio de barco do Raskapuska (nem acreditei que o filhote conseguiu ficar esse tempo todo numa fila!)

O Vinicius foi 5 vezes seguidas no carrossel – nem preciso dizer que foi o brinquedo que ele mais gostou, né?

beto carrero-10
Elefante voador

 

O parque tem uma área inteira destina aos pequenos. Tem pedalinho (que curtimos muito!), tem um playground coberto (que o filhote ficou quase uma hora, até fechar o parque!), tem aquelas xícaras que rodam (que acabamos não indo).

Mas um dos brinquedos que mais agradou o Vinicius foi o elefantinho que voa!

beto carrero-12
Vibrando muito com as manobras do carros

A surpresa do dia ficou por conta do Velozes e Furiosos Show – um show com acrobacias de carros, moto e caminhão. Muito legal! Não tínhamos planejado ir, mas encaixou no horário e, como o filhote se interessa por corridas, achamos que ele também ia curtir.

E curtiu muito mesmo! Aliás, a família toda curtiu. Recomendo muito!

beto carrero-16
Meninos no pirata

O parque fecha às 18h, mas mesmo depois dos brinquedos fecharem, é possível passear por ali até o fechamento dos portões (que varia dependendo do dia).

Como ainda tínhamos fôlego, aproveitamos o finzinho do segundo dia para passear pela Ilha dos Piratas e fazer algumas fotos bacanas.

 

beto carrero-15
Explorando a boca do tubarão

Voltamos para casa cansados, felizes e com muitas histórias para contar!

 

Já foram ao Beto Carrero World?

Quais as melhores lembranças de lá?
loading...